Fonte: OpenWeather

    Saúde da pele


    Esteticista alerta para cuidados com a pele devido ao uso de máscaras

    Especialista explica que dá para cuidar da pele e se proteger do Coronavírus com o uso de máscaras

    Além dos cuidados contra o Coronavírus é preciso estar atento à saúde da pele
    Além dos cuidados contra o Coronavírus é preciso estar atento à saúde da pele | Foto: Reprodução

    Manaus – Os hábitos mudaram durante a pandemia, o uso de máscaras se tornou uma realidade. O que muitos não sabem é que o uso constante pode trazer consequências para a saúde facial. A esteticista Débora Crestani alerta e orienta sobre o assunto. 

    Débora Crestani explica que do lado da saúde estética, o uso constante de máscaras tem agravado problemas de pele em pessoas que sofrem com acnes, rosácea, melasma e oleosidade excessiva.

    A especialista explica que cuidados básicos podem ser feitos durante o uso da máscara
    A especialista explica que cuidados básicos podem ser feitos durante o uso da máscara | Foto: Divulgação

    “Devido ao momento que estamos vivendo esse ano de 2020, o uso de máscaras se tornou um acessório obrigatório no dia a dia. Mesmo sendo uma forma de proteção, acaba causando algumas situações negativas pela forma inadequada do uso”, comentou. 

    Ela explica que o abafamento é um atrito constante no rosto. O uso constante de máscaras causa inflamação nos folículos, hiperqueratinizaçao e também a proliferação de bactérias, por forma inadequada de higienização.

    A especialista orienta que todos tenham a consciência de maiores cuidados de higiene com a pele do rosto, fazendo uso de bons produtos em casa, como sabonetes, tônicos e produtos específicos para amenizar essa agressão.

    Com relação ao uso de maquiagem por baixo da máscara, a profissional explica que o uso não interfere, porém, o maior problema e alerta é para o abafamento que a máscara causa na pele do rosto. 

    Ela orienta que o uso correto e uma rotina de cuidados com a pele minimizam os efeitos causados.

    Confira o passo a passo para o “Home Care”:

    - O primeiro passo é usar um sabonete específico para o tipo de pele;

    - Depois fazer o uso de um tônico equilibrante;

    - Usar um produto de tratamento (hidratantes, clareadores ou secativos). A escolha é de acordo com a situação da pele;

    - Para finalizar, o uso de um bom protetor solar. 

    "Maskne"

    Usuários de máscaras apresentam mudança na pele durante a quarentena
    Usuários de máscaras apresentam mudança na pele durante a quarentena | Foto: Getty Imagens- Divulgação

    Outro termo inventado durante a pandemia une as palavras "máscaras" e "acne". A "maskne" surgiu durante o isolamento social com a percepção do aparecimento de espinhas e acnes na região protegida pela máscara. O uso permite o aumento da temperatura, produção de sebo e entupimento de poros, causando as acnes.

    Outro fator pode contribuir com o aparecimento das "indesejadas". Estresses, mudanças de rotinas e sono desregulado ajudam no aparecimento das "masknes".

    Porém dos especialistas recomendam que o uso da máscara é fator essencial para salvar vidas e evitar maior propagação do novo Coronavírus e, consequentemente, menos mortes. 

    Leia mais:

    Tem crise de ansiedade e insônia? Cinco plantas podem ajudar

    Preocupação com câncer de pele se intensifica durante o verão amazônico 

    Beijar filhos na boca: gesto pode transmitir gripe e doenças fatais