Fonte: OpenWeather

    Barezão 2020


    Presidente do Naça diz que em 2020 os 'clubes do AM ressurgiram'

    Nazareno Pereira participou, na última sexta-feira (17), do lançamento do Campeonato Amazonense 2020. O evento contou com a presença dos presidentes de clubes amazonenses

    O evento foi realizado nesta sexta (17), na Arena da Amazônia | Foto: Divulgação

    Manaus- A Federação Amazonense de Futebol (FAF) realizou, na tarde desta sexta (17), o lançamento do Campeonato Amazonense 2020. O evento ocorreu no camarote do Governador, Wilson Lima, na Arena da Amazônia. A competição estadual começa no dia 21 de janeiro.

    O evento foi conduzido pelo diretor executivo de base da FAF, Thiago Durante e a mesa diretora foi composta pelo presidente da Federação Amazonense, Dissica Valério Tomaz, diretor presidente da Fundação Amazonas de Auto Rendimento (FAAR ), Caio André, presidente do Tribunal de Justiça Desportiva-AM (TJD-AM), Dr. Edson Rosas, presidente da Comissão de Arbitragem, Vladimir Bastos, presidente da Associação dos Cronistas Esportivos do Amazonas (ACLEA), Paulo Roberto e o presidente de honra do Manaus FC, Luís Mitoso, escolhido para representar os demais presidentes dos clubes amazonenses na mesa.

    O presidente do Nacional FC, Nazareno Pereira, revelou o que espera deste campeonato e ressaltou a vontade do Leão.

    “Como todos bem sabem, 2019 foi um ano difícil, mas eu vejo em 2020, os clubes ressurgirem. Que possamos fazer um espetáculo este ano e mostrar ao Brasil que aqui também tem futebol de qualidade. O Nacional vem trabalhando forte nesses últimos dias, porque sabemos que do outro lado, estarão também buscando a vitória. Vamos à luta”, disse o mandatário.

    O presidente da FAF, Dissica Valério, garantiu que esta edição do estadual virá com inovações, tudo com o objetivo de agradar ao torcedor.

    “Nós estamos trabalhando incessantemente para proporcionar ao torcedor amazonense o melhor. Estamos com inovações e não vamos parar por aí, tenho certeza que esta será a melhor edição do Barezão”, ressaltou.

    Um dos comunicados veio através do diretor presidente da FAAR, Caio André, que reafirmou a isenção dos aluguéis dos campos, para os clubes mandantes de partidas, o que já ocorre desde 2019. Ele explicou que a decisão de dispensa dos alugueis é uma forma dos clubes terem maiores condições de investir em seus planteis.

    “Conhecemos a nossa realidade e vimos que se fizéssemos desta forma, haveria uma renda extra para que os clubes pudessem fazer investimentos em seus elencos e estruturas. O Governo do Estado apoiou nossa proposta de isenção de aluguéis e tomou para si essa responsabilidade. Ou seja, a cada partida realizada, o Governo Amazonense pagará o valor que seria repassado pelo clube para a quitação do aluguel do estádio”, esclareceu.

    Também foi informado aos dirigentes que, este ano os estádios Carlos Zamith e Ismael Benigno, estarão à disposição dos clubes para treinamento. Entretanto, os clubes participantes de competições nacionais terão prioridade para a utilização dos espaços.

    Ao final do evento foram informadas as equipes de arbitragem para as partidas da primeira rodada. Para o jogo entre Nacional FC e EC Iranduba foram escalados:

    Árbitro, Edmar Campos da Encarnação, Assistente 1, Jeová Rodrigues dos Santos,

    Assistente 2, Kennedy Ramos Lucas e quarto árbitro, Halbert Luis Moraes Baia.

    *Com informações da assessoria