Fonte: OpenWeather

    Acidente


    Empresário morre após colisão de Jet ski e lancha no Lago do Tarumã

    Maurino Azevedo pilotava um jet ski que, segundo testemunhas, foi atingindo por uma lancha em alta velocidade

    Maurino Azevedo era proprietário da empresa Mina de Ouro
    Maurino Azevedo era proprietário da empresa Mina de Ouro | Foto: Divulgação

    Manaus- O empresário Maurino Azevedo morreu nesse domingo (28), em um acidente fluvial, no bairro Tarumã, Zona Oeste de Manaus. Como costumava fazer nos fins de semana,a vítima estava passeando de jet ski quando uma lancha em alta velocidade acabou o atingindo.

    Segundo testemunhas, o acidente foi provocado pelo piloto da lancha, ainda não identificado, que, pilotando de forma imprudente, colidiu contra o jet ski do empresário.

    Maurino Azevedo era proprietário da empresa Mina de Ouro e vice-presidente da Associação Comercial do Amazonas (ACA). Ele havia reassumido o cargo no último dia 18 de junho.

    Acidente

    Segundo familiares, o empresário praticava o esporte aquático há anos..O condutor da lancha não prestou os primeiros-socorros e fugiu sem deixar nenhuma pista. A vítima chegou receber atendimento médico, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

    A Polícia Civil deve fazer investigação em torno do caso para descobrir o paradeiro do condutor da lancha.

    Nota de pesar da ACA na íntegra

    É com profunda tristeza que a Associação Comercial do Amazonas comunica o falecimento do seu 1º Vice-Presidente, empresário Maurino Nogueira, vítima de um acidente fluvial, ocorrido neste domingo no rio negro em Manaus.

    Maurino tomou posse no último 18 deste mês para mais um mandato no cargo de vice-presidente da ACA. Associado e membro ativo da diretoria, era assíduo às reuniões da Entidade e manifestava-se sempre com palavras precisas e com mansidão, características de homem sábio e amigo.

    Ele era um dos veteranos comerciantes do Centro de Manaus, com mais de 27 anos de atuação no mercado de joias e pedras preciosas. Desde 1992, mantinha a loja na rua Guilherme Moreira e conhecia, como poucos, essa região da cidade. Sempre atento as necessidades e problemas enfrentados, seguia na ACA, com o compromisso de também reivindicar ações de melhoria para a profissão e para quem atua no centro.

    O Presidente Jorge Lima, toda a diretoria, associados, funcionários e amigos desta Associação também sentem essa perda e se solidarizam com a família neste momento de dor.

    Prefeito de Manaus lamenta morte

    O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, lamentou a morte do empresário Maurino Nogueira, primeiro vice-presidente da Associação Comercial de Manaus (ACA).

    “É um momento de dor para a família, amigos e admiradores desta figura importante para a cidade, sobretudo para a área comercial. Manifesto, em meu nome, da minha esposa Elisabeth e da Prefeitura de Manaus, profundo pesar por essa passagem prematura e me solidarizo com os integrantes da ACA pela perda de um de seus membros mais atuantes”, declarou o prefeito. “Que toda família do Maurino seja confortada por nossa solidariedade e pelas nossas orações”, completou a primeira-dama.

    O empresário Maurino Nogueira havia sido reconduzido, recentemente, ao cargo de vice-presidente da ACA e atuava há 27 anos no comércio da área do Centro de Manaus. Como membro da associação, tinha a missão de conquistar melhorias para a classe empresarial, trabalhadores e para o setor do comércio como um todo.

    Leia mais:

    Jet ski pega fogo durante abastecimento no lago do Tarumã

    Motorista fica ferida após colidir carro com caminhão em Manaus

    Vídeo: grave colisão entre carros deixa feridos na AM-010