Fonte: OpenWeather

    Saúde


    Manaus realiza ação de combate ao Aedes aegypti para evitar dengue

    A programação aconteceu nos bairros São Jorge e Vila da Prata, zona Oeste

     

    Prefeitura de Manaus promove ação de combate ao Aedes aegypti
    Prefeitura de Manaus promove ação de combate ao Aedes aegypti | Foto: Arquivo / Semsa

    Manaus (AM) - Para marcar o Dia Mundial da Saúde, 7 de abril, a Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), promoveu mais uma atividade de intensificação das ações de “Educação em Saúde” no combate ao Aedes aegypti.

    A programação aconteceu nos bairros São Jorge e Vila da Prata, zona Oeste, envolvendo profissionais das Unidades Básicas de Saúde (UBSs) Vila da Prata, Ida Mentoni e Rayol dos Santos, que realizaram visitas domiciliares para alertar os moradores sobre a importância da eliminação dos criadouros do mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya.

    A gerente de Promoção da Saúde da Semsa, Altemira Diniz de Lima, explicou que o Dia Mundial de Saúde simboliza um momento para conscientizar a população sobre a importância de ações como essa, que é uma política transversal e envolve várias áreas. “A Prefeitura de Manaus iniciou em março a intensificação de ações de educação em saúde para o combate ao Aedes aegypti, buscando reduzir o número de casos de dengue na cidade, atendendo bairros de todas as zonas da capital".

    Nesta 7 de abril, a Semsa aproveitou para organizar essa nova ação e lembrar o Dia Mundial da Saúde, com o objetivo de alertar sobre as medidas que cada pessoa pode adotar, individualmente ou coletivamente, para ter uma melhor qualidade de vida.

    Como 90% dos criadouros do Aedes aegypti são encontrados dentro dos domicílios em Manaus, de acordo com informações do chefe do Núcleo de Controle da Dengue, da Semsa, Alciles Comape, é essencial o envolvimento de todos os moradores para o controle das doenças transmitidas pelo mosquito.

    Registro de casos

    Dados do Sistema de Informação de Agravos de Notificação apontam que Manaus registrou este ano um total de 1.900 casos notificados de dengue, zika e chikungunya, o que já representa 78,35% do total de casos das três doenças registrados em 2020, quando foram notificados 2.425 casos.

    *Em Tempo com informações da assessoria

    Leia mais:

    FVS conscientiza sobre vida saudável no 'Dia Mundial da Saúde'

    No Dia Mundial da Saúde, ginecologista chama atenção para cuidados

    Vacinação vai cobrir todas as faixas etárias com comorbidades