Fonte: OpenWeather

    Decreto Amazonas


    Decreto suspende transporte fluvial no AM e manda fechar academias

    O decreto visa diminuir ao contágio do novo coronavírus na população. Desde o início da pandemia, 5.756 pessoas perderam a vida em consequência da pandemia em todo o Amazonas.

     

    Ficam expressamente proibidas as atividades de academias e centros de ginástica
    Ficam expressamente proibidas as atividades de academias e centros de ginástica | Foto: Divulgação

    Manaus (AM) - O governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC) assinou nessa terça-feira (12) novo decreto governamental, que retira academias de ginástica e similares da lista de serviços essenciais.

    De acordo com o decreto, os espaço para práticas esportivas, privados ou públicos devem permanecer fechados.

    "Ficam, ainda, expressamente proibidas, no período previsto no artigo anterior:  as atividades de todas as academias e centros de ginástica, bem como outros estabelecimentos similares", relata o documento.

    Transporte fluvial

     

    No  mesmo ato, o governador do Amazonas suspende os serviços de transporte fluvial e rodoviário intermunicipal de passageiros, ficando permitido apenas o transporte de cargas.
    No mesmo ato, o governador do Amazonas suspende os serviços de transporte fluvial e rodoviário intermunicipal de passageiros, ficando permitido apenas o transporte de cargas. | Foto: Divulgação

    No  mesmo ato, o governador do Amazonas suspende os serviços de transporte fluvial e rodoviário intermunicipal de passageiros, ficando permitido apenas o transporte de cargas. 

    Covid-19 no Amazonas

    Na última segunda-feira (11/01), o Boletim Epidemiológico divulgado pela Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) apontou que o estado registrou 2.151 novos casos de Covid-19, elevando para 216.112 casos da doença. 55 óbitos foram confirmados, 34 só no último domingo (10/01).

    Desde o início da pandemia, 5.756 pessoas perderam a vida em consequência do coronavírus em todo o Amazonas.

    Veja a íntegra do Decreto:

     

     Leia mais:

    Saiba o que fica proibido por 15 dias com decreto no AM

    Leia as últimas notícias do Portal EM TEMPO